quarta-feira, 12 de agosto de 2009

FESTA CÃOMINHO DAS INDIAS NO CLUBE PET MEMORIAL

PROXIMA FESTA NO CLUBE PET - CÃOMINHO DAS INDIAS - VENHA COM SEU SARI, COM SUA ROUPA , DE BRÂMANE (SACERDOTE),XÂTRIAS (GUERREIROS),VAIXIÁS (CAMPONESES E COMERCIANTES),SUDRAS (ESCRAVOS) E DALIT (SEM CASTA, INTOCÁVEIS) Vamos cãomemorar o niver de nossos aumigos Bê, Cacau, Logan, Toby, Mike e Teddy Photobucket
video

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

SPIKE, VOCE VAI SE APAIXONAR DE GISELE MARTINS NEIS

Spike foi escolhido a dedo. A família Neis o acolheu ainda filhote, mas já sabia, desde o momento em que foi buscá-lo em São Paulo, que aquele cachorro era especial. As aventuras deste cãozinho fofo e rechonchudo começaram na longa viagem de volta para casa...

Carinhosamente apelidado pela família de Neguinho por causa dos seus pelos negros e brilhantes, com seu jeito estabanado, seu temperamento dócil e amigo, sua inteligência e seu companheirismo, Spike encantará os leitores com suas histórias de malcriações de todos os tipos e atos de muito amor e carinho. Um labrador trapalhão que emocionará todos que já tiveram ou que sonham em ter um amigo canino!

FONTE = http://www.spikevocevaiseapaixonar.com.br/


Quando seu amigo late, é bom ver o que é

Eles mudaram o curso da história. Além de belos, são companheiros e têm a coragem dos bravos – quando não se fingem de mortos, é claro. Fiéis amigos de seus donos, alguns cães são capazes de realizar feitos um pouco mais extraordinários do que dar a patinha.

É o que conta o livro 100 Cães que Mudaram a Civilização: os Cães Mais Influentes da História, lançado pela Editora Guerra & Paz, que apresenta histórias verídicas de canídeos absolutamente fora do comum.
O livro traz desde Péritas, o cão que morreu para salvar seu dono, Alexandre, o Grande, até Jo-Fi, o cachorro que ajudava Sigmund Freud a fazer a análise de seus clientes deitando-se ao lado dos que estavam tranquilos e observando de longe os mais agitados, contrariando a máxima de Heráclito ao dizer que os cães só ladram a quem não conhecem.

E não podia ficar de fora o vira-latas Pickels, ao qual foi atribuída a salvação da Copa de 1966, na Inglaterra. Pouco antes do início do torneio, a taça Jules Rimet havia sido roubada. E foi Pickels que a encontrou. São relatos sensacionais, daqueles de deixar envergonhada a cadela Lassie e abatido o não menos canastrão Rintintin.

Um dos mais famosos cachorros norteamericanos também está lá. Balto – cuja história se transformou em filme (na verdade, um desenho animado com começo e final filmados). Balto enfrentou a nevasca do Alasca para levar remédios a uma vila perdida durante um rigoroso inverno e salvou a vida de dezenas de crianças. Tem até uma estátua no Central Park, em Nova York, em homenagem ao célebre husky.

Quer mais? Pois Biche, a cadela que começou uma guerra entre a França e a Rússia é co-protagonista do livro. E Urian, o cão que mordeu o papa Clemente VII e concretizou o cisma da Inglaterra com a Igreja Católica. Ou, ainda, Peps e Fips, cães que inspiraram Richard Wagner a compor suas óperas.

O autor, Sam Stall, é, evidentemente, um grande admirador dos amigos peludos. Vive em Indianapolis, nos Estados Unidos, com sua mulher, três cães e a boa memória do seu gato falecido aos 18 anos. Sam tem no currículo um outro título, da mesma fornada, este dedicado aos nobres felinos que deram suas contribuições para a arte, a história e até a ciência.

SERVIÇO
100 Cães que Mudaram a Civilização (2009)
Editora Paz e Terra

Redação Custom
Especial para Terra












domingo, 2 de agosto de 2009

PET SOUTH AMERICA 2009

PET SOUTH AMERICA 2009
video